Telecurso Poronga

A lanterna utilizada pelos seringueiros para iluminar os caminhos na floresta dá nome ao Telecurso no Acre. Implantado desde 2002, o programa tornou-se referência em educação no Brasil.

Conheça

O Telecurso enfrenta a defasagem idade-ano, um dos maiores desafios da educação no país. No Acre, entre 2002 e 2013, o índice de alunos em defasagem caiu de 55,6% para 30,8%. Além disso, o estado saltou do último lugar no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), em 2001, para a 3ª colocação entre todos os estados, em 2013.

A partir de um currículo único, de abrangência nacional, o Telecurso mergulha na cultura e nas características de cada região em que é implementado e as incorpora à dinâmica das aulas. Assim, o estudante vivencia o conhecimento a partir da sua própria experiência e é incentivado a ser protagonista de sua aprendizagem.

Já são mais de 40 mil estudantes formados pelo Poronga, parceria com o Governo do Acre por meio da Secretaria de Estado de Educação. Em todo o Brasil, mais de 7 milhões de estudantes concluíram o ensino básico com o Telecurso.

 

Poronga é implementado desde 2002
Estudante é visto como protagonista
Taxa de defasagem caiu para 30,8%
Cultura regional incorporada ao ensino
Professor é mediador da aprendizagem
Incentivo à colaboração
Saiba mais
Parceiros

O Telecurso Poronga é uma parceria entre o Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Educação, a Fundação Roberto Marinho e o Ministério da Educação (MEC)