Museu da Imagem e do Som

A nova sede do Museu da Imagem e do Som (MIS) consolida a importância de uma instituição que celebra a cultura brasileira a partir da efervescência criativa do Rio de Janeiro. Seu acervo se compõe daquilo que faz do Rio de Janeiro uma cidade substantiva e fundamental na construção de uma civilização brasileira. É essa identidade – traduzida em sua produção artística e cultural – que o MIS guarda, exalta e exibe.

Conheça

Essencialmente popular, o MIS tem a ‘rua’ como base de sua construção narrativa – seja o espaço público como lugar de encontro e tradução da cidade, seja como símbolo da criação popular, que representa a parte mais significativa da produção artística do Rio.

O MIS é um museu vivo, em que a produção cultural contemporânea é, o tempo todo, incorporada ao acervo. O rico material reunido pela instituição, reconhecida como importante centro de documentação, é apresentado em experiências envolventes. O visitante vai poder conhecer a coleção da Rádio Nacional, com mais de 42 mil itens, mergulhar no carnaval ou se deixar levar pela bossa nova. Poderá viajar pela noite carioca, desde os saraus até os bailes funks, ou observar figurinos originais de Carmen Miranda.

O humor, a irreverência, a criatividade e o espírito festivo e crítico de quem vive no Rio são celebrados, da mesma forma que o cinema, o teatro e a TV. O público vai poder, ainda, passear pelo Rio de Janeiro e sua evolução urbana, das fotos de Augusto Malta ao trabalho de cineastas atuais. O MIS também será palco de uma intensa programação cultural, de shows a filmes ao ar livre.

O MIS traz a cidade para dentro do museu também em sua arquitetura. A nova sede ganha o endereço mais famoso do país: a Praia de Copacabana. O projeto é do escritório americano Diller Scofidio + Renfro, escolhido por meio de um concurso de ideias que envolveu escritórios de arquitetura do Brasil e do mundo.

Os arquitetos se inspiraram no famoso desenho do calçadão de Copacabana e criaram um edifício que incorpora a rua, formando um ‘boulevard vertical’. Sua fachada se transforma em um grande mirante, que democratiza a vista da Praia de Copacabana. A acessibilidade física e de conteúdo faz parte das premissas do museu.

O novo MIS, na Avenida Atlântica, é uma iniciativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Cultura, concebido e realizado em conjunto com a Fundação Roberto Marinho.
Tem como patronos TV Globo, Itaú e Natura, patrocinadores Vale, IBM, Light e Ambev, apoio do Grupo Votorantim e da NHJ do Brasil, e realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Veja aqui as perguntas mais frequentes sobre o MIS.

Museu se integra à paisagem
Fachada é 'boulevard vertical'
O Salão do Humor Carioca
A praia vista do terraço
MIS terá programação intensa
Cinema ocupa o terraço
Museu será ponto de encontro
Ícones da cultura estão no acervo
Marco arquitetônico em Copacabana
Saiba mais
Série em homenagem a escolas de samba pode ser baixada de graça para decorar blusas e bolsas
Concurso buscava projetos para o Museu da Imagem e do Som na Lapa
Parceiros